diário de bordo: canon elan 7E; capão, meu amor.

por aliledara

000035

tô há tanto tempo longe que nem sei mais como meu blog funciona. ): ai, que derrota. mas eu voltei, agora pra ficar!!!!! porque aqui é meu lugar!!!

me culpo por ter levado tanto tempo sem conhecer o vale do capão. tive ótimas oportunidades (carnaval e são joão de 2013), mas eu tava trabalhando e nunca rolava. eis que consegui me livrar das impossibilidades e, no final do ano, fui cazamiga pra lá.
xô contar, nunca vi uma viagem com tannnta treta!!! tudo aconteceu! inclusive me desencontrar das amigas e passar o ano novo sem elas. trágico. só rindo pra não chorar, viu? mas isso aqui não é muro de lamentação, né? tá todo mundo vivo e bem e chei de amô pra dar.

deixando a parte dramática de lado… OLHA CÊS TUDO TEM QUE IR NO CAPÃO UM DIA. é uma experiência maravilhosa! ainda mais pra quem vive na cidade. dá pra ver tannnnnnntas estrelas! e nem precisa faltar luz pra isso. kakaka a primeira vez que olhei pro céu do capão de noite tive vontade de mergulhar naquele marzão de estrelas. foi amor. aliás, é isso que resume aquele lugar. amor. a vila é amor. a comida é amor. as pessoas são amor. as trilhas, as cachoeiras, o visual, a mata… tudo amor. (mentira, os sapos não são amor. e nem os insetos que invadiro o bangalô)
na vila tem uma galera massa que vende sua arte das coisas que a natureza dá. tem também comidas deliciosas. sabia que existe coxinha feita de palmito de jaca?! e é muito bom! juro. tem também um carrinho de cachorro quente feito com pão caseiro. pensem num pão delícia! inclusive, tinha vegetariano também. ah! e rolava umas pizzas gostosas demairrr. aguei!

[crise] tô sentindo que minha capacidade de escrita foi de 0 pra -5. tá horrível, tô achando tudo uma bosta. [/crise]

depois de muito pensar, decidi levar só a elan 7E (com a 50mm 1.4, por isso o foco preciso em algumas fotos) e trocentos filmes, mas acabou que nem usei todos. o celular me foi muito útil nessa viagem. é mais prático, sabe? não pesa na mochila (pra algumas trilhas isso é importante).

não vou lembrar o filme de cada foto porque não me organizei e misturei tudo numa pasta só, mas aqui vai:

000010jel sendo ave na beira do rio de seu dai.

000011bela e jel. saslinda.

000012
000020
000028alinds e jel. descobri que essa é das minhas preferidas.

000029arminina. ♡

000021
000018
000013 (2)
000034
000035 (2)
000031luz do final da tarde refletida na água do rio. ♡

000022
000019aline e jade sendo lindas na trilha. saudadona. ♡ (essa é das preferidas também)

000026era uma cabeça de gado perfeita mas caiu e o outro lado da orelha quebrou. ):

000017 (2)cassio, nosso parcêro de viagi.

000017bromélia seduzindo.

000024

000037binhaaaaaaaaaaaaaa. <3333

000032pessoas guerreiras voltando da purificação (aka água mais congelante do capão e trilha de uns 5 km) peço que, por favor, ignorem minha cara e observem essas pessoas lindans. ♡ alinds – jadinha – eu – cássio.

e essas foram as fotas analógicas que tirei no capão no final de 2013 e no começo de 2014. as melhorzinhas, na real.
mais uma vez, fiquei retada com o resultado. foi frustrante. ): eu achei que ia ser, tipo UAAAU SAÍRAM AS FOTOS DO CAPÃO OLHA SÓ QUE MARAVILHA AI QUE BELEZURA NOSSA LHA ESSA QUE FODA mas não. aliás, fiquei impressionada mais com as fotos do celular. tem uma mais linda que a ôta, mas vou fazer um post extra pra postar elas.

// como já disse no post anterior, tô morando em sampaulo há um mês. nossa, quero consertar minha compacta logo, porque aí posso tirar fotas e preencher o blog de amô. 

 é isso, genta. fico por aqui. um chêro n’ocês tudo. 

Anúncios